top of page
  • Foto do escritorJuan Carlos Bondi

De volta para casa

Lições da Baleia Franca Austral

Por Agustina Seeber

Fonte e agradecimento especial: Instituto de Conservação de Baleias


O vento fresco na pele do rosto, o aroma do mar, a infinita imensidão azul. O movimento ondulante do barco quase o embala. Eu fecho meu colete salva-vidas em um gesto de entrega total.


A partir de abril, depois de passar meses se alimentando em áreas como as Ilhas Geórgia do Sul e outras áreas do Mar Argentino, a baleia franca inicia sua jornada para as águas costeiras da Patagônia. Eles voltam para compartilhar seus momentos mais sagrados: reproduzir, dar à luz seus filhotes e nutri-los.


Lá estou eu, à mercê da natureza, acreditando-me tão estranha. Então uma barbatana brincalhona aparece e eu não posso acreditar no que sinto. Com as suas 30 a 50 toneladas, elas nos deixam nos aproximarmos ali mesmo, passam por baixo do barco, nos rodeiam, nos cumprimentam e nos emocionam com saltos que nos fundem com o oceano. Elas não pulam só porque sabem que estamos lá por causa delas.


Além desse espetáculo, há elefantes e leões marinhos, pinguins de Magalhães, golfinhos e orcas. É um dos poucos momentos, aqueles momentos fugazes, quando de repente tudo se torna claro, cheio de significado e paz. Nas entranhas, uma verdade revelada: “o oceano também é minha casa”. É como voltar para casa, voltar para a família.


ballena-franca-austral-puerto-madryn-flybondi-blog

Opções de avistamento

Observar as baleias no seu habitat natural é uma experiência única que permite conhecer as suas vidas e compreender a importância de protegê-las.

De barco

Os avistamentos a bordo de barco ocorrem de junho a dezembro. O passeio só é acessível a partir de Puerto Pirámides, a 100 km aproximadamente de Puerto Madryn e menos de duas horas de Trelew.

*O avistamento é regulamentado. Os provedores devem cumprir com a “técnica de observação da Patagônia” para proteger a integridade das baleias francas.


A partir da costa

As baleias também podem ser vistas da costa, em Puerto Madryn, e na Área Natural Protegida El Doradillo.


De um submarino!

Yellow Submarine é um semissubmersível projetado para o avistamento subaquático de baleias sem se molhar. Até outubro essa é uma ação garantida, cortesia da agência Southern Spirit! - @yellowsubmarinearg



 

Fatos curiosos da baleia franca austral

Comprimentos do corpo

-Macho: até 12 metros.

-Fêmea: de 13 a 16 metros.

-Filhote: 5 metros aproximadamente.


Peso

-Entre 30 e 50 toneladas.


Tempo de gestação

-12 meses.


Intervalo entre partos

-Média de 3 anos.


ballena-franca-austral-puerto-madryn-flybondi

Adote uma baleia

Conservar e restaurar as populações de baleias é imperativo para mitigar as mudanças climáticas globais, pois elas têm a capacidade de sequestrar carbono em seus corpos e fertilizar os oceanos por meio de seus excrementos. E você acha que não pode fazer nada sobre isso? Bem, você está errado, você pode adotar uma baleia! Conheça sua história, entenda seu comportamento e fique ciente das ameaças que ela enfrenta no oceano. Junte-se à sua proteção através do Instituto de Conservação de Baleias em www.ballenas.org.ar . - @icb.argentina

Ciência e Arte

A arte passa pela necessidade de cuidar das baleias e de seu habitat natural. Felizmente, artistas como Jorge Augusto Vásquez, focados na arte plástica e mural, nos lembram da nossa missão. Jorge pintou na parede do escritório da Southern Spirit, trabalhando em conjunto com o ICB e CESIMAR, a Aoni e seu filhote em escala real, cuidando dos detalhes graças à contribuição de mergulhadores e cientistas. Atualmente, ele também está trabalhando em um projeto chamado Ciência ao Vento, em conjunto com o CONICET, que envolve baleias e outros ecossistemas terrestres. Por isso, obrigado, Jorge! Se você não tiver a sorte de ver seus trabalhos ao vivo, compartilhamos a conta dele com você: @jorge.vasquez.31



Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page