• Juan Carlos Bondi

Verão na Patagônia: 3 lugares imperdíveis


A Patagônia é uma região enorme que inclui parte da Província de La Pampa e as províncias de Neuquén, Rio Negro, Chubut, Santa Cruz e Terra do Fogo. Entre cada uma delas são milhares de quilômetros de distância e grandes diferenças de paisagens: de desertos, até montanhas, florestas, lagos e geleiras.


No entanto, cada uma é caracterizada por sua beleza incomparável. Hoje, apresentaremos a você 3 destinos imperdíveis que você deve ter no seu roteiro de viagem.


1. Bariloche


É uma das cidades mais turísticas do nosso país, com grandes cabanas, hotéis e restaurantes. Mas também é um paraíso para explorar e um ótimo destino para férias de verão. Estas são as melhores excursões para fazer em Bariloche e seus arredores:



  • Uma das excursões clássicas nesta cidade é a visita a Nahuel Huapi. Você pode navegar pelo lago, o qual é tão extenso que apresenta paisagens diferentes, dependendo de onde você está. Você também não pode deixar de visitar o Parque Nacional Nahuel Huapi, uma das reservas naturais emblemáticas de nossa Patagônia. Dentro deste parque nacional fica o Lago Mascardi, um ótimo lugar para desfrutar e de onde você pode ir ao imponente Monte Tronador.

  • Afastando-nos do mais clássico de Bariloche, recomendamos que você vá ao Lago Gutiérrez. Existem milhões de atividades: passeios de caiaque, aulas de ioga em pranchas de stand-up paddle, a bela cachoeira dos duendes, a praia Muñoz, onde você pode desfrutar do lago e tomar um delicioso chimarrão nas suas margens e muito mais!

  • A 120 quilômetros de Bariloche se situa El Bolsón, um lugar paradisíaco na Província de Río Negro. Essa área possui florestas incríveis, montanhas e lagos cristalinos, aproveite para fazer muitas atividades como rafting, escalada e ciclismo. Um dos lugares a considerar é o Monte Piltriquitrón, de lá você não só apreciará uma vista panorâmica de luxo, mas também há voos de parapente, é uma oportunidade única para incentivar você a fazê-lo!

Além de suas maravilhas naturais, El Bolsón é um local muito preparado para o turismo, com uma grande variedade de cabanas e hotéis, e uma oferta gastronômica apetitosa: cervejas artesanais, produção de patê local, truta defumada e frutas como framboesas, morangos, mirtilos e mais. Você pode encontrar todos esses produtos orgânicos e regionais na feira regional, que acontece todas as terças, quintas, sábados e domingos na praça central.


2. San Martín de Los Andes


Essa cidade está localizada na província de Neuquén e é um ótimo lugar para se desconectar. Em San Martín de Los Andes, há muito que fazer, pois é uma das áreas que faz parte do caminho dos sete lagos. Esta rota tem uma extensão de aproximadamente 110 quilômetros, pelo que pode ser percorrida perfeitamente em um dia. No entanto, recomendamos que você faça uma base em San Martín e, durante os dias que você tenha de férias, aproveite a oportunidade para ir a cada um dos lagos. Os que fazem parte da rota são o Lago Lácar, Machónico, Falkner, Villarino, Lago Escondido, Correntoso e Lago Espejo. Na área existem muitos outros lagos, mas esses são os que estão na Rota Nacional 40, é por esse motivo que o caminho ou estrada recebe esse nome.



Em cada um deles você encontrará águas azul-turquesa, extensas florestas e a maravilhosa natureza da Patagônia. Além dos lagos, existem muitas outras paradas para fazer. Visite as belas cidades de Villa La Angostura e Villa Traful, dois locais que também fazem parte desse caminho.


A poucos quilômetros de San Martín também estão o emblemático vulcão Lanín e a Floresta de Arrayanes, uma reserva natural protegida e única no mundo. Vá com o seu celular carregado! Nesses cenários, você poderá tirar fotos incríveis.


3. Puerto Madryn


Puerto Madryn é um excelente lugar para passar as férias de verão na Argentina. Além de aproveitar as atividades recreativas e esportivas que esta cidade oferece durante todo o ano, você também poderá ir à praia. Acredite ou não, o verão geralmente é bastante quente e, sendo uma região árida, é seco e ensolarado.


Uma das excursões clássicas em Puerto Madryn é a visita à Península de Valdés, um lugar declarado como Patrimônio Mundial da UNESCO. Essa península é uma imensa língua de terra localizada no mar Argentino, uma área marítima que pertence ao local de reprodução da maior colônia de baleias- francas-austrais. Além das baleias, a Península de Valdés possui uma fauna variada e abundante, onde é possível ver leões-marinhos, golfinhos, golfinhos- de-commerson, pinguins, lhamas, emas e uma grande variedade de pássaros.



Ao sul de Puerto Madryn fica Punta Tombo. Lá, de setembro a fevereiro, você pode encontrar uma das maiores colônias de pinguins da Patagônia e do mundo. Justo na época do verão!

Por último, não perca a chance de visitar ao povoado de Gaiman, onde a comunidade galesa se estabeleceu, que ainda hoje mantém suas tradições e costumes. Se você for, precisa visitar a uma casa de chá. Vá com muita fome, porque o chá galês é acompanhado com pão caseiro, scones, tortas e bolos de maçã, de creme e de limão, o tradicional bolo preto e muito mais.

Como você pode ver, a Patagônia não é apenas uma boa opção no inverno!


© 2019  FLYBONDI - LA LIBERTAD DE VOLAR